Saiba porque a PagBem é a melhor opção para o pagamento de frete

Saiba porque a PagBem é a melhor opção para o pagamento de frete

A solução de Pagamento de Frete Pagbem atende a todos os envolvidos no segmento de transporte, dando apoio na gestão dos pagamentos de fretes e nos processos aplicáveis a essas operações pelo sistema PagBem.

Moderno e de fácil utilização, o sistema é customizado às necessidades da sua empresa e integrado aos principais ERP’s/TMS´s de mercado.

Os caminhoneiros portadores do Cartão Pagbem contam com vários canais de comunicação, como o portal do caminhoneiro, o aplicativo e telefones exclusivos, podendo acessar as movimentações em tempo real e realizando operações online com segurança.

O Cartão PagBem conta com uma ampla rede de aceitação, tanto em postos credenciados quanto em mercados, mecânicos e outros espaços que operam com a Rede Visa, e está disponível nas modalidades pré e pós-pagamento. O pagamento do frete pode ser feito em parcela única ou parcelado.

O Pagamento de Frete PagBem se adequa às necessidades da sua empresa. Para saber mais sobre sua próxima solução em pagamento de frete, clique aqui.

Por trás do cálculo do frete

Por trás do cálculo do frete

No ano passado, durante a paralização dos caminhoneiros, várias exigências foram feitas, uma delas foi a fixação de uma tabela de frete, que foi divulgada dia 30 de maio pela ANTT.

A nova tabela propunha preços mínimos referentes ao quilômetro rodado na realização de fretes por eixo carregado e foi sancionada dia 8 de agosto. Ela se divide de acordo com a especificidade das cargas: geral, a granel, frigorificada, perigosa e neogranel.

Toda vez que o preço do diesel variar em mais de 10%, o valor mínimo deve ser reajustado nos dias 20 de janeiro e 20 de julho. Os valores atuais foram divulgados no Diário Oficial de 17 de Janeiro. Para calcular o valor do frete são necessárias 3 informações: a distância percorrida, o número de eixos de um caminhão e o tipo de carga.

Então, supondo que um caminhão de 3 eixos fará o transporte de móveis em uma viagem de 250 Km, é só cruzar essas informações na tabela de carga geral para achar o valor do Km percorrido e multiplicar por 250.
Lembrando que a tabela propõe o valor mínimo a ser cobrado, o caminhoneiro poderá cobrar a mais se achar necessário.