Outubro rosa e elas: A importância da data para as caminhoneiras.

Outubro rosa e elas: A importância da data para as caminhoneiras.

O câncer de mama é o segundo que mais mata mulheres em todo o país.

O mês de outubro chegou e com ele a campanha “Outubro Rosa”, que tem como objetivo alertar as mulheres sobre a importância da prevenção e do combate ao câncer de mama. A ação mundial ocorre em mais de 130 países e foi criada no início da década de 90.

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres de todo o mundo e o foco da campanha é ressaltar a importância do diagnóstico precoce, fazendo com que as chances de cura aumentem em 95%. Apenas no Brasil, morrem cerca de 10 mil mulheres todos os anos devido ao câncer de mama, por isso a importância da prevenção e do monitoramento.

Apesar das caminhoneiras passarem muitas horas nas estradas, tirar um tempo para cuidar da própria saúde é essencial, então realize check-ups com exames de mamografia e ultrassom periodicamente, além do autoexame.

O câncer de mama detectado logo no início é curado com sucesso em quase todos os casos, por isso, não deixe de se cuidar!

A PagBem deseja a todas as mulheres e caminhoneiras um ótimo Outubro Rosa. Conte conosco!

Como o caminhoneiro pode fazer um trânsito melhor

Como o caminhoneiro pode fazer um trânsito melhor

Dia 25 de setembro é o Dia Nacional do Trânsito. 

Nós, da PagBem, queremos te ajudar a fazer do trânsito um lugar melhor e mais saudável, é por isso que hoje vamos listar uma série de condutas que vocês, amigos caminhoneiros, podem ter enquanto dirigem, fazendo assim um trânsito melhor.

A importância de uma boa postura:

Os caminhoneiros passam um tempo considerável sentados enquanto fazem suas entregas e nesse caso, manter a boa postura é indispensável. O ideal é que você fique com os membros superiores e inferiores parcialmente dobrados e com as costas no encosto em um ângulo próximo a 90 graus.

Mantenha sempre a calma:

O trânsito pode ser bastante estressante para alguns condutores, porém é preciso sempre manter a calma na hora de dirigir. Com o nervosismo, é comum que a musculatura fique mais tensa, o que pode gerar atraso durante as reações no trânsito. Portanto, fique o mais calmo possível, faça uma parada e ouça uma música para ajudar.

Bebida e estrada não combinam:

É muito comum, infelizmente, que alguns condutores tenham o costume de misturar álcool com direção e apesar de ser extremamente perigoso, muitos não respeitem essa orientação, mas o fato é que essa mistura é, e sempre, será muito perigosa. A mistura do álcool com a direção pode causar sérios acidentes, por isso, fique atento.

O sono em dia é essencial:

Às vezes, as empresas fazem exigências muito duras quanto ao prazo das entregas, fazendo com que os motoristas fiquem horas e até dias sem dormir para poder realizar a entrega o mais rápido possível. Apesar de essa conduta ser comum, ela é errada, pois coloca a vida do motorista e de terceiros em risco, pois as horas de descanso não são respeitadas. Uma boa noite de sono repõe as energias, melhora os reflexos, evitando acidentes.

Cuide-se, assim, você cuidará do trânsito, da sua vida e da vida de muitas outras pessoas, tornando a estrada um lugar melhor. A PagBem deseja ótimas viagens!

Como superar longas viagens

Como superar longas viagens

Os caminhoneiros passam muito tempo longe de casa e das pessoas que amam, mas como fazer para superar o cansaço das longas viagens e a saudade de quem ficou em casa?

Viagens longas podem significar maior retorno financeiro e mais estabilidade para o caminhoneiro e a sua família, mas ao mesmo tempo, é um desafio e tanto, estradas perigosas, locais desconhecidos e saudade da família podem atrapalhar na hora de viajar.

Por isso, é importante se lembrar das seguintes dicas para ter uma boa viagem:

Itinerário

Conhecer bem o seu percurso fará a sua viagem mais rápida e segura. E não estamos falando somente de conhecer os pontos de partida e de chegada, mas é importante calcular com antecedência onde se alimentar, dormir e abastecer o caminhão.

Manutenções preventivas

Serve para prevenir falhas e paradas na estrada, evitando maiores problemas em locais desconhecidos ou perigosos. Procurar uma empresa especializada é a melhor maneira de se adquirir esse serviço, que tem como vantagens a redução do envelhecimento de equipamentos, prevenção de paradas não previstas por dano, redução nos custos com manutenções corretivas e antecipação a defeitos.

Cuidado com a saúde

Para realizar viagens longas, além do bem-estar do seu bruto, você precisa, principalmente, cuidar de si mesmo, a sua saúde é o mais importante aqui. Manter uma dieta balanceada e se alimentar de três em três horas é essencial para conseguir manter o ritmo da viagem. Outro ponto crucial é a importância do descanso, lembre-se de fazer pausas de duas em duas horas para se livrar do sono e do estresse.

A saudade da família e de casa também é um agravante nessas viagens longas, mas para isso, o melhor é sempre tentar se animar, ouvir músicas que te façam lembrar das pessoas que você ama com alegria, escrever cartas para entregar quando voltar para casa ajuda a aliviar a saudade e nas paradas, ligar para casa e conversar com a família também é muito bom.

Essas outras dicas são parte do que você pode encontrar em nosso blog. Acompanhe sempre as nossas matérias e conte com nossos serviços no aplicativo ou peça seu cartão.

 

As três datas comemorativas do Dia dos Caminhoneiros

Feliz dia do caminhoneiro! Comemore e entenda o porquê são três datas.

No Brasil, essa data é tão especial e importante que é comemorada em três dias diferentes, 30 de junho, 25 de julho e 16 de setembro. Mas você sabe o motivo? Elas surgiram por razões diferentes e a seguir vamos explicar melhor cada uma.

O dia 30 de junho é comemorado em São Paulo, pois em 1986, o governador do estado Franco Montoro, assinou uma lei que colocou o dia trinta como sendo o Dia do Caminhoneiro, ou seja, é uma data regional.

Na data de 25 de julho é comemorado o dia de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas.  A mais importante, a mais lembrada e a mais antiga, sendo celebrada desde o século XV. 

A última comemoração é em 16 de setembro, definida em 2009 como Dia Nacional do Caminhoneiro. Apesar de 16 de setembro ser a data oficial, é em 25 de julho que mais se comemora.

Profissionais dedicados, os caminhoneiros passam longos períodos longe de suas famílias, garantindo seu sustento e fazendo com que o país siga funcionando. A profissão é muito especial e por isso merece ser comemorada e lembrada por todos nas três datas diferentes.

Aproveite todas elas! E conte conosco em soluções para facilitar o seu dia.

O que mudou, após um ano da Greve dos Caminhoneiros?

O que mudou, após um ano da Greve dos Caminhoneiros?

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Caminhoneiros, José da Fonseca Lopes, a situação dos caminhoneiros só piorou após a greve.

Vias bloqueadas, falta de suprimento nas prateleiras dos supermercados, postos de combustíveis desabastecidos e uma redução de quase R$ 48 bilhões* no Produto Interno Bruto (PIB) de 2018, essas foram algumas consequências da greve histórica que parou o país há um ano, quando os caminhoneiros se mobilizaram e cruzaram os braços por conta da escalada do preço do óleo diesel, cuja política da Petrobrás previa aumentos semanais.

A greve se estendeu por dez dias e diante de conversas, reuniões, manifestações e promessas até que o Congresso aprovou uma tabela com valores mínimos para o frete de cargas no país e reduziu o preço do diesel em R$ 0,46 a partir de julho de 2018 de maneira que conseguisse acalmar os ânimos e recolocar o caminhoneiro na estrada. E após o subsídio, a greve teve seu fim.

Agora, um ano depois, apesar de tudo que foi prometido, a situação parece não ter melhorado. Após o fim do subsídio em dezembro, o diesel voltou a subir e, na semana passada, já havia superado o preço médio de maio de 2018, e como se já não bastasse, a tabela do preço mínimo do frete também não funciona adequadamente.

Nos últimos meses, o novo governo segue tentando manter as coisas em ordem já que em Abril deste ano, movido à rumores de paralisação, que novamente traria prejuízos desastrosos ao país, foi anunciado uma linha de crédito de R$ 500 milhões para a categoria, na qual cada caminhoneiro teria acesso a um financiamento de até R$ 30 mil para manutenção dos veículos e compra de pneus, por exemplo.

O presidente da Associação Brasileira de Caminhoneiros, José da Fonseca Lopes, disse em audiência na Comissão de Viação e Transportes, na Câmara dos Deputadosque a situação dos caminhoneiros só piorou após a greve. Para ele, o sindicato foi o responsável pela redução no preço do diesel e está lutando para que o preço do combustível tenha uma nova queda. Apesar disso, parte dos trabalhadores e caminhoneiros do sindicato esperam resolver isso de outra maneira, pois muitos deles alegam não ter mais condições financeiras para parar novamente.

*Informações obtidas pelo site da Câmara dos Deputados e pelo site EXAME.

Elas na estrada – conheça as caminhoneiras que fazem sucesso no YouTube

Elas na estrada – conheça as caminhoneiras que fazem sucesso no YouTube

Rodar o Brasil no caminhão, passar por dificuldades e enfrentar perigos também é coisa de mulher!

O número de caminhoneiras nas estradas aumenta cada vez mais, e não é só no asfalto que elas marcam presença. Conheça 2 caminhoneiras que fazem sucesso nas redes sociais:

Sheila Bellaver

A gaúcha de 35 anos é mãe de 4 filhos e ganha a vida transportando frutas e verduras. Com mais de 1 milhão de inscritos no seu canal, ela compartilha sua história e suas viagens.

Clique aqui para acessar o canal da Sheila

Anailê Goulart

A caminhoneira do Espírito Santo transporta containers do Porto de Vila Velha até empresas próximas. Com 3 filhos e 28 anos, Anailê mostra no seu canal suas viagens e a reforma do seu xodó: um Scania L 110 de 1973, apelidado de “Jacaré”.

Clique aqui para acessar o canal da Anailê

Close Bitnami banner
Bitnami