E-commerce: como melhorar o serviço de transporte de mercadorias

08/09/2021

Pegar o celular ou notebook e acessar uma página de e-commerce para comprar algum produto ou serviço já faz parte do dia a dia de boa parte dos brasileiros. Afinal de contas, é muito prático dar alguns cliques e esperar a encomenda chegar em casa, não é verdade?

Mas aí veio a pandemia. E o e-commerce deixou de ser apenas um hábito para se tornar uma necessidade, uma urgência. Com o isolamento social e as lojas físicas fechadas, de repente, os e-commerces se depararam com três desafios:

1 – Lidar com a pressão de atender a um número gigantesco de clientes da noite para o dia.

2 – Dispor da quantidade de mercadorias que atendesse à nova demanda.

3 – Contar com parceiros eficientes para distribuir as encomendas.

Para se ter uma ideia do tanto que o e-commerce ganhou importância na vida dos brasileiros durante a pandemia, o setor cresceu 72,2% em comparação com o ano de 2020, de acordo com relatório da NeoTrust. Entre janeiro e março de 2021, foram R$ 35,2 bilhões em vendas!

Diante dos bons ventos que vêm soprando e das previsões otimistas de crescimento, o e-commerce vem sentindo a necessidade de organizar e profissionalizar o negócio para que mais clientes cheguem e fiquem satisfeitos com o serviço de logística.

E parte desta reestruturação depende de boas parcerias com empresas de transporte e distribuição de mercadorias. Mas como elas estão se preparando para receber os clientes de e-commerce?

 

Como a sua transportadora pode atrair mais empresas de commerce?

É fato que a transação comercial de um e-commerce começa na internet, mas é o mundo físico que concretiza a compra de um produto ou serviço, afinal o cliente precisa receber a mercadoria, certo?

Aí é que as transportadoras entram em ação, colocando suas frotas nas estradas para movimentar encomendas das indústrias para os centros de distribuição e de lá para as mãos do consumidor.

Para atender ao crescimento da demanda e fidelizar as empresas de e-commerce na lista de clientes, as transportadoras também precisaram se organizar e se atualizar. As que estavam em marcha lenta pisaram no acelerador para modernizar suas soluções e processos. E quem já estava na era tecnológica engatou a quinta marcha para não perder competitividade.

As mudanças podem começar pela contratação dos serviços de uma Instituição de Pagamento Eletrônico (IPEF). Elas oferecem ferramentas mais avançadas e integradas com ERPs e TMSs, que permitem às transportadoras cadastrarem suas ordens de serviço com mais agilidade e menor risco de falhas.

Estes cuidados no processo de fechamento do negócio e na emissão de documentação de transporte de cargas são diferenciais para as empresas de e-commerce que possuem uma movimentação logística intensa e precisam correr contra o tempo, sem perda de qualidade.

Inclusive, esta tecnologia das IPEFs agiliza a emissão do CIOT, um código que não apenas valida a ordem de serviço como garante ao dono do e-commerce que a transportadora contratada está devidamente registrada e legalizada.

O sistema desenvolvido pelas IPEFs também oferece outras soluções, entre elas a roteirização. Ao emitir a ordem de serviço, o programa define a melhor rota para o motorista de caminhão, ajudando na gestão do combustível e tirando o condutor de desvios perigosos.

LEIA MAIS: Como a tecnologia vem transformando a logística?

 

Soluções da PagBem para atrair clientes de e-commerce

Entrega e-commerce

Os recursos indispensáveis no dia a dia das transportadoras mais bem-informadas e preparadas são o cartão-frete e o vale-pedágio, fornecidos pela IPEF PagBem.

O cartão-frete entrou no lugar da carta-frete, proibida desde 2010. Com o novo serviço, o caminhoneiro tem a liberdade de pagar suas despesas em qualquer posto credenciado da IPEF PagBem. Em muitos destes postos também é possível receber desconto no litro do diesel na hora do abastecimento.

Outra vantagem que a PagBem oferece é que estes mesmos postos credenciados podem dar baixa nas atividades realizadas pelo caminhoneiro, fazendo a liberação para uma nova entrega. Essa facilidade é um importante diferencial para as empresas de e-commerce que precisam de rapidez nas entregas, que geralmente acontecem em lugares bem distintos do país.

E o vale-pedágio trouxe ainda uma série de benefícios. Um deles é a isenção dos impostos, pois antes o valor do pedágio era calculado junto com o frete e os impostos incidiam sobre o valor total.

Hoje, com a separação dos tributos, a transportadora paga menos taxas e o caminhoneiro recebe seu pagamento certinho.

Isso sem falar na garantia do pagamento do pedágio. Como parte do dinheiro saía do bolso do condutor, por conta dos impostos, a rota para a entrega das mercadorias sofria desvios que colocavam em risco a vida do motorista e a carga transportada.

Estes dois serviços contribuem para organização e legalização da transportadora, criando uma autoridade que chama atenção dos sites de e-commerces que só fazem negócios com empresas de boa reputação. Ninguém quer correr risco, certo?

 

Reduza custos com as soluções da PagBem

Criada em 2015, a PagBem administra fretes e pedágios por meio de uma rede credenciada ampla que atinge diferentes partes do país.

Com a missão de facilitar a administração de frete rodoviário e pedágio, a PagBem oferece soluções financeiras, tecnológicas e de pagamento para toda a cadeia envolvida no transporte, envolvendo caminhoneiros, transportadoras, operadores logísticos e embarcadores.

Para conhecer melhor todas as soluções da PagBem, entre em contato conosco.

Posts recentes

Qual a importância dos dados nas operações logísticas?

Qual a importância dos dados nas operações logísticas?

Olhar uma planilha repleta de números pode assustar em um primeiro momento. Mas as empresas que buscam novos caminhos para melhorar suas operações logísticas sabem que a interpretação destes dados é uma atividade que não pode mais ser deixada de lado. Saber analisar...

Preço do diesel: como isso impacta o serviço de transporte rodoviário?

Preço do diesel: como isso impacta o serviço de transporte rodoviário?

Quem trabalha com transporte rodoviário já sabe que o diesel ocupa o topo do ranking na lista de despesas, comendo uma fatia de mais de 50% do orçamento. Mas, há alguns meses, o combustível tem gerado dores de cabeça ainda mais intensas. De janeiro a julho de 2021, já...

Entenda os benefícios do vale-pedágio

Entenda os benefícios do vale-pedágio

A chegada do vale-pedágio transformou para melhor a vida dos motoristas de caminhão. O novo sistema separa o cálculo do frete das tarifas de pedágio, o que facilitou muito a rotina dos caminhoneiros e deixou a viagem mais justa e segura, já que não é mais necessário...

Receba nosso conteudo em primeira mão.

Close Bitnami banner
Bitnami