Construção civil: como otimizar a logística para tornar o setor mais produtivo?

24/11/2021

O vai e vem dos caminhões pelas estradas brasileiras ajuda a movimentar o setor de construção civil. Vigas, cimento, pedras, areia, madeira e mais um montão de materiais chegam aos canteiros de obra para tirar do papel os projetos assinados pelos engenheiros ao redor do Brasil.

Dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC) revelam que os lançamentos das 18 empresas associadas à instituição somaram 26.384 imóveis nos três primeiros meses de 2021, um aumento de 39% em relação ao mesmo período de 2020. Somando as unidades ao longo de 12 meses (março de 2020 a março de 2021), o número chega a 128.445.

Mais obras, mais mão de obra, certo? Sim! De acordo com o Cadastro Geral de Empregador e Desempregados (Caged), somente em setembro a construção civil gerou 24.513 vagas de trabalho com carteira assinada. No acumulado de ano foram 261.531 vagas CLT, ou seja, 10,4% do total de empregos formais criados no país todo.

E o que as transportadoras têm a ver com isso? Ora, mais empregos na construção civil, mais caminhões circulando pelas estradas brasileiras carregados de materiais!

 

O que fazer para atender à demanda da construção civil?

 

Bem, só vão firmar boas parcerias com as empreiteiras as transportadoras que estiverem preparadas. Ou seja, com frota com a manutenção em dia e sistemas atualizados para gerar as ordens de serviço com agilidade.

Os embarcadores focados no setor de construção civil darão preferência para as transportadoras regularizadas. Logo, é importante estar em dia com RNTRC para não perder tempo na hora de emitir o CIOT e liberar a ordem de serviço para os motoristas de caminhão.

Estar alinhado com as novas tecnologias também vai atrair os embarcadores. Isso significa integrar o ERP ou TMS ao sistema de uma Instituição de Pagamentos Eletrônicos de Frete (IPEFs), como a PagBem.

Ao ser cliente PagBem, a transportadora conta com vários benefícios:

  • Disponibiliza cartão-frete e vale-pedágio para os motoristas;
  • Conta com sistema de roteirização para maior agilidade e redução de custos;
  • Recebo todo o suporte de rede credenciada, que se encarrega de receber a documentação do motorista de caminhão, conferir, dar baixa e fazer a liberação para o início de uma nova viagem. Só na PagBem são mais de 1.300.

À medida que o setor de construção civil cresce, as transportadoras precisam inovar seus serviços para disputar os melhores clientes e oferecer soluções da mais alta qualidade. Assim, toda a cadeia sai ganhando!

LEIA MAIS: CIF e FOB: saiba mais sobre dois tipos de frete

 

Reduza custos com as soluções da PagBem

Criada em 2015, a PagBem administra fretes e pedágios por meio de uma rede credenciada ampla que atinge diferentes partes do país.

Com a missão de facilitar a administração de frete rodoviário e pedágio, a PagBem oferece soluções financeiras, tecnológicas e de pagamento para toda a cadeia envolvida no transporte, envolvendo caminhoneiros, transportadoras, operadores logísticos e embarcadores.

Para conhecer melhor todas as soluções da PagBem, entre em contato conosco.

Posts recentes

Fim de ano: como gerir corretamente o aumento das entregas?

Fim de ano: como gerir corretamente o aumento das entregas?

As festas de fim de ano estão chegando e já podemos notar uma maior movimentação de caminhões pelas estradas. O fluxo de entregas aumenta muito (muito mesmo!) e as transportadoras precisam estar preparadas para atender às necessidades do comércio e fazer chegar no dia...

Como fazer uma gestão de despesas focada na redução de custos

Como fazer uma gestão de despesas focada na redução de custos

Responda rápido: você sabe quais caminhos seguir para obter uma boa redução de custos na sua transportadora? Sabe fazer a gestão da sua frota com eficiência? Sabe quais são as despesas mais comuns dos seus motoristas durante as viagens? Organizar corretamente as...

Receba nosso conteudo em primeira mão.