Quais os tipos de caminhão usados para carga pesada?

23/03/2022

Conhecer os principais tipos de caminhão e sua capacidade de carga pesada é essencial para garantir uma viagem mais segura e dentro da lei. Afinal, ao contrário do que se imagina, os caminhões não são “pau para toda obra”. 

Isso significa que, se um modelo é capaz de carregar cinco toneladas, não é possível colocar dez toneladas sobre a carroceria. Além de danificar a estrutura do veículo, a ação pode causar acidentes e impactar a produtividade, a entrega e os custos.

Outro ponto é que alguns tipos de caminhão se adequam melhor em perímetros urbanos, enquanto outros foram desenvolvidos especialmente para percursos mais longos. 

 

Tipos de caminhão para carga pesada

Atualmente, existem diferentes tipos de caminhão no mercado. Seja para carga pesada ou leve, cada um traz características e especificações próprias, que devem ser levadas em consideração na hora da escolha. 

Entre os modelos mais indicados para cargas pesadas, destacam-se o Cavalo Mecânico (ou Caminhão Extrapesado), Cavalo Mecânico Trucado (ou LS), carreta de dois eixos e carreta de três eixos.

  • Cavalo Mecânico: estruturado com uma cabine de tração com eixo simples e duas rodas, o modelo pode ser encontrado de até 18 metros, com capacidade total de 33 toneladas. Isso faz com que seja possível transportar cargas maiores, como maquinários. Além disso, com o avanço da tecnologia, uma nova modalidade surgiu: a versão com três eixos, que possui capacidade ainda maior, podendo ultrapassar 40 toneladas.
  • Cavalo Mecânico Trucado: este modelo pode, também, ser encontrado em duas versões, sendo a primeira o Bitrem, modelo que possui dois pares de eixo, chegando a medir quase 20 metros de comprimento e com uma capacidade de 57 toneladas; e a segunda o Rodotrem, usado para o deslocamento de quantidades maiores de carga. 
  • Carreta dois eixos: com a mesma característica do cavalo mecânico trucado, a carreta de dois eixos possui comprimento de, no máximo, 18,15 metros, suportando um peso máximo bruto de 33 toneladas.
  • Carreta três eixos: como o próprio nome sugere, esse tipo de carreta usa no cavalo mecânico 2 eixos, com um semirreboque triplo. Os três eixos na parte na qual a carga é acondicionada permitem que sejam carregadas até 42,5 toneladas de peso bruto, em um equipamento de até 18,15 metros.

LEIA MAIS: Entenda as diferentes categorias do transporte de cargas

 

Como escolher o tipo de caminhão mais adequado para a carga pesada?

carga-pesada-modal-rodoviário

Antes de mais nada, é muito importante entender e respeitar os limites de cada um dos tipos de caminhão. Somente dessa forma os caminhoneiros poderão trafegar com mais tranquilidade, segurança e, claro, em conformidade com a lei.

Cabe ressaltar, ainda, que os caminhoneiros – e empresas de transporte – deverão sempre levar em consideração o tipo de produto. Isso porque, embora existam diferentes tipos de caminhões desenvolvidos especialmente para carga pesada, há produtos indivisíveis e que, portanto, merecem mais atenção – e grandes estruturas.

Sobre este assunto, ressaltamos que existe uma legislação específica a respeito, que exige, ainda, carros de escolta e acompanhamento, além de uma série de outros cuidados. E você, está preparado?

Lembrando que além da preocupação com os tipos de caminhão e de carga pesada, é importante que a transportadora esteja alinhada com a tecnologia para tornar seus processos mais fluidos e competitivos no mercado.

Para modernizar a rotina com os embarcadores, é importante conhecer as soluções desenvolvidas pela Instituições de Pagamento Eletrônico de Frete (IPFEs), a exemplo da PagBem. 

A empresa oferece um sistema que facilita a emissão das ordens de serviço e do CIOT. Também disponibiliza importante recursos para facilitar o dia a dia do caminhoneiro e modernizar os processos da transportadora,  exemplo do cartão-frete, que chega para substituir a carta-frete e aumentar a segurança do condutor na hora de pagar suas despesas durante a viagem.

O outro benefício é o vale-pedágio, em formato de cartão ou TAG, para facilitar o pagamento das tarifas nas praças de pedágio e agilizar o trajeto.

LEIA TAMBÉM: O papel da logística no desenvolvimento das indústrias siderúrgicas

 

Reduza custos com as soluções da PagBem

Criada em 2015, a PagBem administra fretes e pedágios por meio de uma rede credenciada ampla que atinge diferentes partes do país.

Com a missão de facilitar a administração de frete rodoviário e pedágio, a PagBem oferece soluções financeiras, tecnológicas e de pagamento para toda a cadeia envolvida no transporte, envolvendo caminhoneiros, transportadoras, operadores logísticos e embarcadores.

Para conhecer melhor todas as soluções da PagBem, entre em contato conosco.

Posts recentes

Cuidados no transporte de cimento

Cuidados no transporte de cimento

O transporte de cimento exige uma série de cuidados. Do volume transportado ao tipo de caminhão e rota escolhida, todas as etapas devem ser bem planejadas para garantir uma entrega de qualidade. Afinal, esta não é uma carga comum: além de tóxica, ela deve ser mantida...

Como aplicar o compliance no transporte rodoviário?

Como aplicar o compliance no transporte rodoviário?

Você certamente já ouviu falar em compliance, termo que se popularizou e tem ganhado cada vez mais destaque no mercado nos últimos anos. Embora seja pequena, a palavra, que não fazia parte do dia a dia de todos os segmentos, agora é mandatória para quem deseja se...

Veja os custos logísticos que impactam o dia a dia das transportadoras

Veja os custos logísticos que impactam o dia a dia das transportadoras

Embora o transporte de cargas seja o principal modal do Brasil, os custos logísticos inerentes ao processo ainda são altos e podem impactar diretamente o consumidor final. Atualmente, cerca de 65% das cargas do Brasil passam por rodovias, de acordo com o Relatório...

Receba nosso conteudo em primeira mão.

For security verification, please enter any random two digit number. For example: 79