Entenda o papel do transporte no supply chain

05/01/2022

Você sabia que um erro na logística de transporte pode comprometer todo o planejamento de uma equipe de supply chain?

Vamos explicar o porquê: os profissionais dessa área cuidam de todo o processo de produção e venda de um produto de ponta a ponta. Isso quer dizer que eles fazem a gestão desde a compra dos insumos para a fabricação das mercadorias até a etapa da venda ao consumidor.

Sendo assim, se a transportadora não cumprir os prazos certinhos de entrega das matérias-primas nas indústrias e de distribuição dos produtos nos pontos de venda, a empresa corre o risco de não alcançar os resultados planejados.

O transporte é apenas uma parte de todo o processo que está sob responsabilidade da equipe de supply chain, mas, nem por isso, tem seu papel subestimado. É preciso que as duas áreas conversem muito bem para que todo os processos sejam bem-sucedidos.

 

Explicando melhor o supply chain

Em tradução literal, supply chain significa cadeia de suprimentos. Portanto, quem trabalha neste setor de uma empresa precisa conhecer a fundo todo o processo produtivo de um item, desde sua matéria-prima até a entrega nas mãos do cliente.

Um profissional de supply chain acompanha bem de perto a compra dos insumos para a produção dos itens, a embalagem, o transporte, o armazenamento, a distribuição e a venda. É uma área muito versátil e depende de uma boa comunicação com todos os demais departamentos de logística, para evitar falhas em toda cadeia.

Voltando a falar do transporte, podemos dizer que ele está presente em diferentes etapas do supply chain, pois abastece a indústria com as matérias-primas, leva os produtos finalizados da indústria para os centros de distribuição e entrega os estoques aos pontos de venda.

Tanta responsabilidade exige organização, planejamento e agilidade. Ainda bem que a tecnologia dá uma mãozinha, não é verdade?

LEIA MAIS: Como a tecnologia vem transformando a logística?

 

Como a tecnologia melhora a relação entre supply chain e o transporte?

supply chain tecnologia

 

Como você percebeu, as transportadoras precisam estar em total sintonia com a equipe de supply chain e serem ágeis e muito responsáveis na hora de executar os serviços.

Quando se fala em rapidez, é preciso pensar no uso da tecnologia para automatizar alguns processos, como a emissão das ordens de serviço e do CIOT. Este recurso pode ser facilitado por meio da utilização de plataformas desenvolvidas por Instituições de Pagamento Eletrônico de Frete (IPEFs), como a PagBem.

A ferramenta possui um sistema de roteirização, que indica o melhor caminho e o mais seguro, um recurso ideal para economizar tempo no trajeto e evitar estradas que possam comprometer a integridade do motorista, de matérias-primas e dos itens finalizados.

Os motoristas também se beneficiam com o uso da tecnologia desenvolvida pela PagBem. O valor pago pelos embarcadores é carregado em um cartão-frete, que oferece mais segurança para o condutor e facilidade para pagar despesas e abastecer o veículo.

A plataforma também oferece recursos para carregar o vale-pedágio via cartão ou TAG, agilizando a passagem do veículo pelas catracas.

Outra facilidade é percebida na hora de dar baixa no serviço. A PagBem conta com rede credenciada com mais de 1.300 pontos espalhados pelo Brasil para receber a documentação, finalizar o serviço e liberar o caminhoneiro para a próxima viagem.

As transportadoras que utilizam a plataforma percebem a redução de tempo entre uma ordem de serviço e oferecem uma experiência ótima para a equipe de supply chain, principalmente quando existem muitas demandas.

Diante de tantas facilidades, o que a sua transportadora está esperando para modernizar os processos? Os profissionais de supply chain estão em busca de parceiros com esse olhar mais aguçado e estratégico de negócio!

 

Reduza custos com as soluções da PagBem

Criada em 2015, a PagBem administra fretes e pedágios por meio de uma rede credenciada ampla que atinge diferentes partes do país.

Com a missão de facilitar a administração de frete rodoviário e pedágio, a PagBem oferece soluções financeiras, tecnológicas e de pagamento para toda a cadeia envolvida no transporte, envolvendo caminhoneiros, transportadoras, operadores logísticos e embarcadores.

Para conhecer melhor todas as soluções da PagBem, entre em contato conosco.

Posts recentes

Sinop: 5 locais para você conhecer na região

Sinop: 5 locais para você conhecer na região

Localizada no estado de Mato Grosso, a 500 quilômetros de Cuiabá, a cidade de Sinop é considerada a Capital do Nortão. É reconhecida pelos seus investimentos em tecnologia nas áreas de agricultura, indústria, pecuária e extração socioambiental de madeira. Polo de...

PME no setor logístico: quais os desafios?

PME no setor logístico: quais os desafios?

Diferente das grandes empresas de logística e transportes, que possuem orçamentos elevados para fazer planos com um pouco mais de tranquilidade, aquelas que se encaixam no formato de PME (pequenas e médias empresas) se deparam todos os dias com o desafio de manter os...

MEI Caminhoneiro: quando é vantajoso aderir?

MEI Caminhoneiro: quando é vantajoso aderir?

A nova lei que permite o chamado MEI Caminhoneiro já está em vigor. Agora, motoristas autônomos podem ter um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) como Microempreendedor Individual. Na prática, a lei complementar 188/2021, assinada no dia 31 de dezembro, permite...

Receba nosso conteudo em primeira mão.