Como fazer o transporte de carga valiosa?

21/02/2024

por | fev 21, 2024 | Transporte

De objetos de alto valor monetário, como joias e pedras preciosas, a obras de arte, produtos tecnológicos sensíveis ou outros itens de grande importância, o transporte de carga valiosa demanda uma operação logística complexa. Afinal, é imprescindível garantir a segurança e integridade dos bens – ainda mais em um país tão grande como o Brasil.

O modal rodoviário ainda é o mais utilizado no país. Isso não significa, no entanto, que estamos preparados para a demanda, em termos de infraestrutura. As condições das estradas são, em sua grande maioria, precárias.

Há, ainda, um fator de risco relacionado aos assaltos e sequestros-relâmpago. Existem, inclusive, quadrilhas especializadas que atuam nas rodovias.

Para se ter uma ideia, o roubo de carga é um dos principais problemas enfrentados por transportadores e caminhoneiros no Brasil. De acordo com a Associação Nacional de Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística), em 2022 foram registradas 13.089 ocorrências, com prejuízo estimado em R$ 1,2 bilhão.

Mas como driblar o problema e fazer o transporte de carga valiosa de forma segura?

 

Como é feito o transporte de carga valiosa?

O transporte de carga valiosa é feito, em grande parte, em veículos blindados. Isso porque, este tipo de produto – que inclui joias, ações de empresas e títulos de renda fixa ou variável, obras raras, gadgets e pedras preciosas (diamante, opala, jaspe, topázio, esmeralda, ametista, ágata, turmalina, alexandrita e outras) – é muito visado pelos criminosos.

Com mecanismos especiais de segurança, os caminhões blindados conferem maior integridade tanto para a carga quanto para os responsáveis pelo seu transporte. Mas, para que os bens cheguem ao seu destino, é preciso garantir, também, um planejamento minucioso e eficiente.

A complexidade do transporte de carga valiosa, aliás, começa no armazenamento. As embalagens devem ser resistentes e específicas para o tipo de mercadoria – algumas exigem espumas, almofadas e sistemas de fixação interno, por exemplo.

As instalações devem ser seguras, equipadas com sistemas de vigilância e controle de acesso, ao mesmo tempo em que os profissionais envolvidos no transporte de carga valiosa devem ser treinados. Ou seja, motoristas, equipes de segurança e demais envolvidos devem estar preparados para lidar com situações de emergência.

Uma outra etapa consiste na contratação do seguro de carga valiosa, que oferece proteção financeira em caso de perdas, danos ou roubo durante o transporte. Para garantir uma cobertura abrangente, é necessário realizar uma avaliação detalhada da carga para determinar o valor monetário preciso dos bens e escolher o seguro que melhor atende às necessidades específicas da empresa.

Este tipo de transporte, inclusive, requer, muitas vezes, atuação com seguradoras especializadas no segmento.

LEIA MAIS: Dicas de segurança para carga e descarga de caminhão

 

O que considerar na escolha da transportadora?

Quando falamos em transporte de carga valiosa, é importante considerar empresas com histórico comprovado de segurança e confiabilidade. Avaliar as medidas de segurança adotadas pelos veículos de transporte e o tipo de tecnologia utilizada nos processos do dia a dia também é crucial. Afinal, a tecnologia desempenha um importante papel nesse cenário.

Sistemas inteligentes ajudam a otimizar o transporte de bens de valor, uma vez que garantem a integração de dados, ajudando na gestão de documentos, de rotas e de combustível.

Como a rota escolhida também desempenha um papel significativo na segurança do transporte de carga valiosa, adotar soluções que permitem acompanhar a rota do veículo e os processos também é essencial. Isso vale para os sistemas que traçam rotas inteligentes, considerando a distância, as condições das estradas e o tempo de deslocamento.

Com um bom planejamento, informações na palma da mão e uma comunicação eficiente entre as equipes de transporte e a empresa, é possível minimizar riscos e assegurar que a carga valiosa chegue ao destino de forma segura e intacta.

LEIA TAMBÉM: Cargas perigosas: o que você precisa saber antes de aceitar esta demanda?

 

Reduza custos com as soluções da PagBem

Criada em 2015, a PagBem intermedia os pagamentos de frete e pedágio entre transportadoras e embarcadores. Por meio de um sistema totalmente otimizado, atende diferentes demandas logísticas do modal rodoviário, entre elas a roteirização inteligente do melhor caminho que sua carga fará e o cálculo de custo de pedágio a ser pago.

Também conta com uma ampla rede credenciada, onde é possível entregar suas documentações de viagens realizadas, obter descontos exclusivos no preço diesel e realizar saques com tarifas a preços acessíveis.

Temos mensalidades que cabem no seu bolso! Venha conferir, entre em contato e seja PagBem você também!

Posts recentes

Impacto do El Niño na Safra de 2023 e as perspectivas para 2024.

Muitos dizem que o El Niño acontece por conta do efeito estufa. Mas, até hoje, os estudos científicos ainda não conseguem explicar completamente as causas exatas do aumento da temperatura. No período de dois a sete anos, o oceano Pacífico equatorial fica até 3o C mais...

Categorias