Empreender no Brasil não é tarefa fácil.

Empreender no Brasil não é tarefa fácil.Fora os custos da operação de qualquer negócio, a tributação de impostos é muito alta, e isso não é diferente no setor de transportes.

É importante conhecer os impostos pagos para realizar um planejamento tributário eficiente, e o post de hoje cobre os principais.

Tributos Municipais

  • ISS: Imposto Sobre Serviço – A alíquota varia por município, mas o valor precisa estar entre 2% e 5%.

Tributos estaduais

  • ICMS: Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal – Cada estado possui uma alíquota própria. Se não é pago de maneira correta, a empresa é considerada inadimplente.

Tributos federais

  • IPI: o Imposto sobre Produtos Industrializados O frete entra na base de cálculo, com valor do produto, seguro e outras despesas.
  • COFINS: Contribuição para o Financiamento da Seguridade SocialIncide sobre o faturamento da empresa, com alíquota entre 3% e 7,6%.
  • CSLL: Contribuição Social sobre o Lucro LíquidoNo caso do transporte, a alíquota aplicada é de 12%.
  • INSS: Previdência SocialA alíquota varia entre 25,8% e 28,8% com cálculo feito em cima da folha salarial.