Transporte de chocolate: fique atento aos cuidados

05/04/2023

por | abr 5, 2023 | Transporte

A preocupação com o transporte de chocolate toma conta de quem trabalha no segmento – logístico ou da indústria, durante todo o ano. Apesar de haver os tradicionais picos na Páscoa e outras datas especiais, como Dia das Mães e Dia dos Namorados, há quem não passe um dia se deliciar com essa iguaria.

O chocolate é um dos alimentos mais consumidos no mundo, você já deve imaginar. E para que ele chegue em perfeitas condições até o consumidor, é necessário que se tome alguns cuidados. O principal deles é a logística de transporte, afinal, nenhum estabelecimento quer oferecer chocolate derretido ou mofado ao cliente, não é mesmo?

Afinal, para que o produto chegue em boas condições ao seu destino, é preciso atenção, já que os lares brasileiros estão consumindo cada vez mais chocolate, de acordo com pesquisa realizada pela Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas).

O estudo revela que a categoria chocolates cresceu 1,5% em 2020, sendo que a receita do segmento foi de R$ 11 bilhões, um aumento de 2,4% ante 2019. E a explicação é plausível: o produto ajuda a diminuir o estresse, alivia a ansiedade, melhora o humor com a liberação de serotonina e proporciona um aumento na concentração e no raciocínio. Tudo isso sem falar no sabor inconfundível.

A alta demanda traz, também, novos desafios: o transporte desse tipo de alimento no Brasil é complexo. No verão, a maioria do território brasileiros enfrenta temperaturas elevadas, em torno de 30° a 35°. Por isso, é preciso garantir um processo logístico eficiente e bem planejado, evitando perdas no trajeto.

LEIA MAIS: Sazonalidade no varejo pede mais organização do serviço de transporte

 

Como fazer o transporte de chocolate

logistica-do-chocolate

No Brasil, cada pessoa consome, em média, 2,5 kg de chocolates por ano. O que corrobora os estudos que apontam que o brasileiro tem um carinho especial pelo produto.

Para evitar perdas e garantir que o alimento chegue até a mesa do consumidor em boas condições – isto é, sem estar derretido, manchado, branco ou deformado –, é preciso tomar alguns cuidados logísticos.

O transporte de chocolate, assim como acontece com outros alimentos, tem algumas características, que ajudam a manter a qualidade e o sabor. O produto deve ser transportado, por exemplo, a uma temperatura média de 18°C a 20°C.

Nem mais e nem menos, já que o produto pode derreter e perder a forma ou, em processo contrário, absorver o açúcar existente, criando uma aparência esbranquiçada e manchada. De uma forma ou de outra, não é possível garantir o sabor, a textura e nem a qualidade do chocolate.

O transporte correto também ajuda a evitar contaminações. Por isso, sempre que possível, é importante que os alimentos sejam enviados em caixas térmicas. Dessa forma, além de evitar cheiros externos, é possível minimizar as variações de temperatura, mantendo suas características físicas e sensoriais.

 

Dicas para um transporte eficiente na Páscoa

Na Páscoa, o transporte de chocolate ganha um desafio adicional. Com a demanda ainda mais alta, é preciso, por exemplo, realizar uma boa gestão do estoque para evitar atrasos e garantir reposições rápidas. Além disso, é preciso adotar boas práticas, dentre elas:

  • Apostar em veículos adequados para o transporte com temperatura controlada;
  • Optar por áreas para carga e descarga climatizadas;
  • Adotar embalagens térmicas – e protetoras, no caso de ovos de Páscoa –, a fim de garantir o acondicionamento seguro da carga ao longo do trajeto;
  • Garantir o treinamento da equipe para uma manipulação diferenciada dos produtos, que são sensíveis e perdem o valor e qualidade com avarias.

Do mesmo modo, é importante apostar em um planejamento eficiente, que considere rotas inteligentes e sistemas que permitam otimizar o tempo das entregas, sem atrasos ou perdas de materiais.

LEIA TAMBÉM: Festas juninas e a importância do serviço de transporte

 

Reduza custos com as soluções da PagBem

Criada em 2015, a PagBem intermedia os pagamentos de frete e pedágio entre transportadoras e embarcadores. Por meio de um sistema totalmente otimizado, atende diferentes demandas logísticas do modal rodoviário, entre elas a roteirização inteligente do melhor caminho que sua carga fará e o cálculo de custo de pedágio a ser pago.

Também conta com uma ampla rede credenciada, onde é possível entregar suas documentações de viagens realizadas, obter descontos exclusivos no preço diesel e realizar saques com tarifas a preços acessíveis.

Temos mensalidades que cabem no seu bolso! Venha conferir, entre em contato e seja PagBem você também!

 

Posts recentes

Símbolos nas embalagens e o cuidado no transporte

Você já deve ter notado que as caixas de papelão vêm, geralmente, acompanhadas de figuras. De extrema importância para o processo logístico, os símbolos nas embalagens ajudam a garantir que as mercadorias cheguem ao seu destino intactas e prontas para uso. Mas, para...

Monitoramento de entregas: quais as vantagens?

O monitoramento de entregas é essencial para empresas que desejam garantir a segurança e a eficiência de suas operações – e alcançar um alto nível de excelência e satisfação dos clientes. Por meio de tecnologias avançadas, é possível rastrear em tempo real a...

Categorias