De que forma o TRC pode reduzir a emissão de CO2?

21/06/2023

por | jun 21, 2023 | Saúde

O setor de transporte é um dos maiores produtores de gases de efeito estufa no Brasil, sendo responsável por 47% da emissão de CO2. A explicação para esse fenômeno é simples: o transporte rodoviário de carga continua sendo o modal mais utilizado no país.

O problema é que os gases emitidos pelos caminhões fazem mal à saúde humana e colocam em risco o bem-estar da sociedade e do meio ambiente como um todo. O aumento de ondas de calor, secas e enchentes, por exemplo, já são uma realidade em grande parte do território nacional e refletem esse problema que cresce a cada dia.

Por isso, falar sobre mobilidade sustentável é cada vez mais essencial; tal qual pensar em formas de reduzir a emissão de CO2 no TRC.

Na busca por alternativas mais sustentáveis, montadoras e empresas de transporte e tecnologia têm apostado em veículos movidos a biocombustíveis, eletricidade ou, ainda, combustão e eletricidade (híbridos).

Estes novos modelos, aliás, já têm sido utilizados em grandes cidades espalhadas mundo afora – e os resultados parecem ser os melhores. Além de não emitirem gases poluentes, o que é vantajoso para o meio ambiente, os veículos não consomem combustível, tornando o processo logístico mais sustentável financeiramente também.

LEIA MAIS: Empreendedorismo e inovação no TRC: quais os desafios e oportunidades?

 

Alternativas para reduzir a emissão de CO2

Nenhuma mudança acontece da noite para o dia. Veículos elétricos, por exemplo, embora sejam uma alternativa eficiente para reduzir a emissão de CO2, trazem consigo uma série de desafios.

É preciso investir não apenas no caminhão, como na instalação de estações de recarga e assistência técnica especializada. A recarga da bateria também entra na conta, uma vez que pode levar quatro horas, aumentando o prazo de entrega.

Mas, é preciso entender que este é um ponto de partida. E ainda que demore alguns anos para que as frotas sejam adaptadas e passem a utilizar combustíveis 100% não poluentes, pequenas ações podem tornar o processo logístico mais sustentável e consciente. E o melhor: elas podem ser implantadas desde já.

Aposte na manutenção preventiva

emissao-de-co2-no-trc

Mais do que trocar a forma de combustão, é preciso se atentar a outros detalhes que podem estar contribuindo para a emissão de CO2 de forma massiva. Isso inclui, por exemplo, a manutenção adequada da frota.

Para garantir um transporte sustentável, é importante que os veículos estejam com a manutenção em dia. Ações simples como trocar óleo, filtros e velas, seguindo a recomendação do fabricante, e calibrar os pneus periodicamente podem ajudar reduzir a poluição e reduzir o consumo de combustível.

Esta é uma forma, também, de corrigir falhas antes mesmo que elas aconteçam, tornando as operações mais consistentes e produtivas. Da mesma forma, quanto melhor estiverem as condições do sistema, maior a chance de prolongar a vida útil de peças mecânicas, evitando o descarte ou gastos desnecessários.

Use a tecnologia a seu favor

A ociosidade rodoviária é um problema comum no Brasil. E trabalhar para evitar que os caminhões percorram grandes distâncias sem carga é essencial para reduzir a emissão de CO2.

Uma boa forma de fazer isso é por meio da tecnologia. Com o uso de softwares que permitem traçar rotas mais estratégicas é possível aproveitar melhor a capacidade do caminhão e evitar prejuízos financeiros e ambientais.

Da mesma forma, apostar em aplicativos que prometem facilitar a vida do caminhoneiro e das empresas, como as soluções PagBem, podem ser uma alternativa importante para quem deseja aumentar a eficiência e reduzir a emissão.

O serviço de roteirização da PagBem, por exemplo, tem esse propósito e existe justamente para facilitar o trabalho do motorista de caminhão. Ele ajuda o profissional a definir o percurso mais adequado – e mais curto, se possível –, para transportar as mercadorias e fazer com que elas cheguem ao destino em perfeito estado.

Afinal, com esta e outras soluções é possível diminuir o tempo de deslocamento, otimizar as entregas e aumentar a segurança da carga. Do outro lado vem o cliente que é atendido com a mais alta qualidade e se torna um parceiro fiel.

 

Adote combustíveis menos poluentes

Atualmente, o álcool é o combustível que menos polui o meio ambiente. O Diesel, por sua vez, é o mais poluente, enquanto a gasolina se mantém no meio do caminho.

Muitas transportadoras, visando um processo mais sustentável, têm apostado na troca de combustíveis para reduzir a emissão de CO2, ainda que isso represente custos um pouco maiores para a transportadora ou o caminhoneiro.

A adoção de pequenas ações é essencial para que o setor logístico se desenvolva, cada vez mais, de forma sustentável. Mais do que reduzir a emissão de CO2, o uso de tecnologias, troca de combustíveis ou adoção de um cronograma de manutenção preventiva garantem que as frotas permaneçam eficientes.

LEIA TAMBÉM: Por que é importante aplicar conceitos de ESG na logística?

 

Reduza custos com as soluções da PagBem

Criada em 2015, a PagBem intermedia os pagamentos de frete e pedágio entre transportadoras e embarcadores. Por meio de um sistema totalmente otimizado, atende diferentes demandas logísticas do modal rodoviário, entre elas a roteirização inteligente do melhor caminho que sua carga fará e o cálculo de custo de pedágio a ser pago.

Também conta com uma ampla rede credenciada, onde é possível entregar suas documentações de viagens realizadas, obter descontos exclusivos no preço diesel e realizar saques com tarifas a preços acessíveis.

Temos mensalidades que cabem no seu bolso! Venha conferir, entre em contato e seja PagBem você também!

Posts recentes

Símbolos nas embalagens e o cuidado no transporte

Você já deve ter notado que as caixas de papelão vêm, geralmente, acompanhadas de figuras. De extrema importância para o processo logístico, os símbolos nas embalagens ajudam a garantir que as mercadorias cheguem ao seu destino intactas e prontas para uso. Mas, para...

Monitoramento de entregas: quais as vantagens?

O monitoramento de entregas é essencial para empresas que desejam garantir a segurança e a eficiência de suas operações – e alcançar um alto nível de excelência e satisfação dos clientes. Por meio de tecnologias avançadas, é possível rastrear em tempo real a...

Categorias