Você sabe o que é MDF-e e para que ele serve?

28/09/2022

por | set 28, 2022 | Dicas, Documentação

A tecnologia trouxe avanços e mudanças importantes para o setor logístico, como a criação do MDF-e. Considerado um dos principais documentos fiscais do setor de transporte de cargas, o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais substitui uma (boa) parte da papelada exigida durante o deslocamento de cargas. 

O serviço visa implementar um modelo nacional de documento fiscal eletrônico em substituição à emissão das informações em papel, como é realizada atualmente em grande parte do território brasileiro.

A ideia é justamente otimizar os processos e simplificar a burocracia. Uma facilidade esperada – e desejada – há tempos pelo setor logístico. 

 

O que é o projeto MDF-e?

Obrigatório por lei, o documento digital reúne as principais informações sobre uma determinada carga. Isso inclui os dados presentes na Nota Fiscal eletrônica (NF-e) e no Conhecimento de Transporte (CTe) – que dizem respeito à movimentação realizada por transportadoras terceirizadas –, por exemplo.

Com valor jurídico garantido, o manifesto é legítimo e reconhecido em todos os Estados do Brasil, embora, atualmente, a legislação permita que o MDF-e substitua apenas o Manifesto de Carga modelo 25.

Mas, ainda que seja obrigatório para boa parte das operações logísticas, o sistema não está disponível para todos os tipos de frete. Isso porque o documento deve ser emitido apenas pelas transportadoras no transporte de carga fracionada e de lotação; além do emitente da NF-e. 

Outros casos nos quais o manifesto de carga também é obrigatório são:

  • Transbordo, redespacho ou subcontratação;
  • Mudança de veículo, motorista ou contêiner; e
  • Apresentação de nova mercadoria ou documento fiscal.

 

Vantagens do MDF-e

manifesto-eletronico-de-documentos-fiscaisdocumentos-fiscais-

No dia a dia, o MDF-e traz uma série de vantagens para as transportadoras e gestores logísticos. Um dos pontos altos da inovação, aliás, é a possibilidade de armazenar os dados de forma eletrônica. 

Ainda que continue sob responsabilidade do contribuinte, o custo do arquivamento digital é muito menor do que o do armazenamento físico. E, mais do que valores financeiros, estamos falando de espaço e logística.

Há, também, um ganho adicional em relação à otimização dos processos. Afinal, a organização, a guarda e a gestão de documentos eletrônicos são infinitamente mais simples. Como consequência, o Fisco e as transportadoras conseguem compartilhar e acompanhar as operações em tempo real.

Outra vantagem importante está relacionada ao deslocamento em si. O MDF-e tende a reduzir o tempo de parada dos caminhões nas unidades de fiscalização – pedágios, balanças, entre outros –, uma vez que é possível apresentar um único documento eletrônico, que contempla todos os dados.

Sem dúvida a tecnologia é uma das maiores aliadas das operações logísticas. Da emissão de documentos eletrônicos ao monitoramento de cargas e administração de frete rodoviário, tudo – absolutamente tudo – pode ser feito virtualmente. 

E ainda bem! Em um mercado no qual a agilidade e qualidade dos serviços são detalhes fundamentais, contar com soluções inteligentes, que confiram mais praticidade para o dia a dia dos motoristas e transportadoras, é essencial.

LEIA MAIS: CIOT: pare de perder tempo e saia na frente 

Reduza custos com as soluções da PagBem

Criada em 2015, a PagBem administra fretes e pedágios por meio de uma rede credenciada ampla que atinge diferentes partes do país.

Com a missão de facilitar a administração de frete rodoviário e pedágio, a PagBem oferece soluções financeiras, tecnológicas e de pagamento para toda a cadeia envolvida no transporte, envolvendo caminhoneiros, transportadoras, operadores logísticos e embarcadores.

Para conhecer melhor todas as soluções da PagBem, entre em contato conosco.

Posts recentes

Como fazer o transporte de carga valiosa?

De objetos de alto valor monetário, como joias e pedras preciosas, a obras de arte, produtos tecnológicos sensíveis ou outros itens de grande importância, o transporte de carga valiosa demanda uma operação logística complexa. Afinal, é imprescindível garantir a...

Outsourcing de transporte de carga: vale a pena?

O outsourcing de transporte de carga pode ser um grande aliado para os negócios. A prática, que vem ganhando cada vez mais espaço nos últimos anos, consiste, basicamente, em transferir tarefas e operações para um terceiro. A terceirização, aliás, é uma tendência do...

Transporte Rodoviário de Cargas Internacionais: como funciona

O transporte rodoviário de cargas internacionais desempenha um papel crucial para a economia brasileira, com impacto direto também na produção dos países vizinhos. Estima-se que mais de 48 mil caminhões percorrem a América do Sul diariamente, sendo esta modalidade a...

Categorias