Como otimizar a distribuição de peças no setor automotivo

29/09/2021

A logística no setor automotivo precisa ser exemplar. Para manter as metas de reduzir estoques e evitar desperdícios, as fabricantes precisam contar com fornecedores e transportadoras que entendam perfeitamente a cadeia de distribuição e que entrem no fluxo da forma correta.

Justamente por não terem espaço para armazenamento de peças – e do produto finalizado –, as empresas do setor automotivo precisam investir em soluções logísticas que facilitem o processo de fabricação dos veículos.

No processo conhecido como just in time, a indústria automobilística conta com uma série de transportadoras que entrega um número exato de peças no momento da utilização. Desta forma, o uso do material é otimizado, não havendo desperdício e nem a necessidade de estocar matéria-prima.

Automóveis são produtos de alto custo e valor agregado, cuja fabricação depende de uma quantidade enorme de peças, maquinários e mão-de-obra. Para reduzir os custos nesta cadeia longa e complexa, uma saída é planejar corretamente a logística, firmando parcerias com empresas que consigam se encaixar perfeitamente no processo, da emissão de documentos para o transporte até a entrega.

 

Parcerias para o setor automotivo

Logistica Setor Automotiva

 

Os fornecedores e as transportadoras que trabalham com montadoras sabem que a palavra que rege esta relação comercial é a organização. Afinal de contas, a comunicação entre as três pontas precisa estar bem alinhada, assim como a execução das tarefas de produção e a distribuição das peças.

Qualquer falha neste processo pode atrapalhar a linha de produção, comprometendo os prazos previamente acordados entre a montadora e seus clientes.

Por isso, as transportadoras precisam ser ágeis nos processos internos de logística e entrega de peças, e encontram na tecnologia um importante suporte para se adequar aos novos tempos e tornar os processos de contratação dos serviços de distribuição de cargas mais simplificados.

As indústrias que utilizam ERPs em suas rotinas logísticas podem integrar módulos no sistema que modernizem e automatizem algumas atividades, como preparação da documentação para liberar o condutor para a viagem e pagamentos de frete e pedágio.

As soluções de Instituições de Pagamento Eletrônico de Eletrônico de Frete (IPEF), a exemplo da PagBem, auxiliam neste processo, oferecendo recursos para que a transportadora consiga atender clientes mais estratégicos, como os do setor automotivo.

Por meio dos sistemas da PagBem, transportadoras e embarcadores simplificam a transação comercial e reduzem as chances de comprometimento da cadeia logística da montadora.

Rapidamente, é emitido o código identificador de operação de transporte (CIOT), além de uma sugestão de rota otimizada, para garantir a entrega na data e hora combinadas. O pagamento do frete feito pelo embarcador (neste caso, a indústria de peças) é carregado em um cartão, que é entregue ao caminhoneiro para pagar as despesas.

Se houver pedágios, há opção do vale-pedágio em cartão ou TAG, para facilitar o pagamento na hora da viagem.

Ao adotar estes sistemas automatizados, as transportadoras oferecem mais tranquilidade aos embarcadores, que aumentam a confiança em suas parceiras, e ao cliente (empresa do setor automotivo), por ter a garantia de que as mercadorias chegarão conforme combinado.

 

Reduza custos com as soluções da PagBem

Criada em 2015, a PagBem administra fretes e pedágios por meio de uma rede credenciada ampla que atinge diferentes partes do país.

Com a missão de facilitar a administração de frete rodoviário e pedágio, a PagBem oferece soluções financeiras, tecnológicas e de pagamento para toda a cadeia envolvida no transporte, envolvendo caminhoneiros, transportadoras, operadores logísticos e embarcadores.

Para conhecer melhor todas as soluções da PagBem, entre em contato conosco.

Posts recentes

O papel da logística no desenvolvimento das indústrias siderúrgicas

O papel da logística no desenvolvimento das indústrias siderúrgicas

As indústrias siderúrgicas oferecem suporte para diferentes setores, do automobilístico ao da construção civil. São as indústrias siderúrgicas que fornecem materiais para a fabricação de veículos de transporte e eletrodomésticos, construção de edifícios, manutenção...

Postos de combustível: quais as vantagens de se filiar a uma IPEF?

Postos de combustível: quais as vantagens de se filiar a uma IPEF?

Durante o transporte de mercadorias pelas rodovias brasileiras, os grandes parceiros dos caminhoneiros são os postos de combustível. Muito mais do que um local para simplesmente abastecer o veículo, é lá que os motoristas fazem suas pausas para repor as energias, se...

Entenda as diferentes categorias do transporte de cargas

Entenda as diferentes categorias do transporte de cargas

O bom desempenho no transporte de cargas depende, entre outros fatores, da escolha do prestador do serviço. Afinal de contas, é importante que a transportadora ofereça as melhores soluções, motoristas preparados e veículos adequados de acordo com cada tipo de...

Receba nosso conteudo em primeira mão.

Close Bitnami banner
Bitnami